14 de junho de 2024 - 12:31

Policial

De Cara Limpa 22/05/2024 07:28

Polícia Civil e prefeitura abrem festival de combate às drogas em Barra do Garças

Ação é uma iniciativa da Polícia Civil e do poder municipal, que promove esporte e educação, com atividades ao longo de toda a semana

A Polícia Judiciária Civil, em parceria com a Prefeitura de Barra do Garças, abriu nesta terça-feira (21) o festival De Cara Limpa Contra as Drogas. O objetivo da iniciativa é combater o uso de substâncias ilícitas, o envolvimento com o tráfico e a violência, a partir da educação e do esporte, promovendo uma juventude segura às crianças e adolescentes.

A abertura ocorreu no Anfiteatro Fernando Peres de Farias e foi acompanhada pelos alunos do Centro Municipal de Educação Básica Dona Delice Farias dos Santos. Ao longo da manhã, os estudantes assistiram a uma palestra sobre a influência das drogas no ambiente escolar e na vida dos jovens, promovida pela Polícia Civil de Cuiabá.

Durante a semana, outras escolas municipais e estaduais são contempladas e na sexta-feira (24), o festival promoverá uma exposição aberta ao público, na Vila Olímpica, com estandes de todas as forças de segurança e atividades recreativas aos jovens, incluindo oportunidade de praticar tirolesa no local, que será montada pelo Corpo de Bombeiros Militar.

A programação segue no sábado (25), com o Dia D do festival, quando acontecerão as competições esportivas. 

As modalidades disputadas serão cross country sub-16, sub-14, sub-12, sub-10, sub-8, sub-6 e sub-4 (de 2 até 4 anos). Toda a comunidade de Barra do Garças, inclusive dos municípios vizinhos, pode participar desde que atenda ao critério da respectiva modalidade. 

As inscrições podem ser feitas até o dia 23, na Secretaria Municipal de Esporte e na Associação de Atletismo, na Vila Olímpica. Além dos jovens do município também são aceitos participantes das cidades vizinhas.

Durante o Dia D, ainda haverá sorteio de brindes para todos os inscritos e distribuição de picolés aos presentes.

Nesta semana, também acontece o anúncio dos vencedores do concurso de redação sobre drogas. Serão premiados os seis melhores autores. A organização do festival ainda está decidindo se o prêmio será um sobrevoo na região de Barra do Garças, promovido na aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), conforme anunciado inicialmente, ou um passeio no veículo, modelo Camaro, da Polícia Civil.

O sobrevoo dependerá da disponibilidade da aeronave, que está dando suporte à tragédia no Rio Grande do Sul.

Segundo a secretária Municipal de Esporte e Lazer, Romaira Dias, esse é um evento que “une muitas forças”. Ela destaca a parceria do município com a Polícia Civil, as demais forças de segurança e a Barra do Garças Associação de Atletismo.

“São muitas forças somadas para que nós possamos desempenhar um trabalho com uma função social que é a conscientização das nossas crianças e adolescentes.”

Para o prefeito de Barra do Garças, Dr. Adilson Gonçalves, ao oferecer conhecimento, educação e práticas esportivas, o festival promove todas as ferramentas eficientes para a prevenção às drogas e formação de qualidade aos jovens.

“O caminho das drogas não acaba bem. Muitas vezes começa com as drogas lícitas, as bebidas alcoólicas, depois o jovem migra para as ilícitas e, em seguida, muitas crianças e adolescentes partem para o tráfico doméstico. A gente tem que mostrar para as crianças que o caminho certo é o caminho do esporte e da educação, que são verdadeiras ferramentas de transformação de vida.”

Segundo o secretário Municipal de Educação e vice-prefeito, Professor Sivirino Souza, estima-se que o festival atende a 8 mil alunos. “Já passamos de 2 mil jovens inscritos no torneio de Cross Country, no sábado”, confirmou Sivirino. 

O professor destacou que, apesar de ser o primeiro ano do festival, essa não é a primeira parceria entre a Polícia Civil e a prefeitura. “Desde 2022, a Polícia Civil, a Barra do Garças Associação de Atletismo e a Secretaria Municipal de Educação têm uma parceria de eventos acontecendo nas escolas municipais. E agora nós fomos mais arrojados, fizemos um evento maior e estendemos para toda cidade, tanto as escolas municipais, quanto as estaduais.”